Swab Vaginal

Swab vaginal (em casos de estupro, por exemplo) pode servir como fonte de amostra de material biológico.

 

De acordo com as condições do material é possível obter o DNA nuclear e fazer a análise de marcadores de microssatélites, podendo ser utilizada para identificação individual, determinar a paternidade ou a maternidade.

 

Se o material apresentar um alto grau de degradação, é possível realizar a análise do DNA mitocondrial. Neste caso, fica excluída a possibilidade de realizar investigação de paternidade.

 

O swab deve ser armazenado em um tubo cônico de 15 ml e mantido a 4ºC (geladeira). Não devem ser utilizados meios de cultura para a conservação da amostra. As amostras devem ser enviadas ao laboratório com gelo reciclável.

 

O prazo de entrega do laudo será de 20 (vinte) dias úteis, contados à partir da data do recebimento do material e da documentação completa.

 

Para maiores informações e valores entre em contato com a Genomic.