SLCO1B1 – Teste de sensibilidade às estatinas

Mialgias são os efeitos colaterais mais comuns causadas pelo uso das estatinas, bem como a razão principal da sua descontinuação. As estatinas inibem a enzima HMG-CoA redutase (3-hidroxi-3-metil-glutaril-coenzima A redutase), assim reduzindo a síntese de colesterol no fígado. Portanto, as estatinas são os principais fármacos prescritos para baixar o colesterol sanguíneo. Hoje existem várias versões desse medicamento, uma sendo a sinvastatina.

Recentemente foram descobertos[1] variantes no gene SLCO1B1 que modulam a tendência de desenvolver mialgias e miopatias ao tomar sinvastatina. SLCO1B1 codifica para uma proteína transportadora de ânions orgânicos que regula a captação de estatinas pelo fígado. A presença de uma variante neste gene resulta em uma proteína com atividade transportadora reduzida, diminuindo o efeito farmacológico das estatinas aumentando a possibilidade de efeitos colaterais. Uma segunda variante está sob debate sendo conveniente sua pesquisa, uma vez que, a combinação de duas mutações pode apresentar atividade transportadora reduzida[2].

Este teste é aconselhado tanto para pacientes a ser medicado com qualquer uma das estatinas (atorvastatina, fluvastatina, lovastatina, pravastatina, rosuvastatina e sinvastatina) como para pacientes que já apresentaram problemas musculares após prescrição destes medicamentos.

[1] SEARCH Collaborative Group (2008) SLCO1B1 variants and statin-induced myopathy – a genomewide study. N Engl J Med 359:789-799.
[2] Oshiro C et al. (2010) PharmGKB very important pharmacogene: SLCO1B1. Pharmacogenet Genomics 20:211–216.

 

Metodologia:

Isolamento do DNA genômico de leucócitos. Amplificação por PCR e minisequenciamento da região amplificada do gene SLCO1B1 (dois variantes são analisados).

 


Coleta:

Para realizar o exame é necessária a coleta de 5,0 mL de sangue periférico em um tubo de coleta a vácuo com anticoagulante EDTA (Vacutainer de tampa roxa).

 

Prazos:

Os resultados são enviados em 15 dias úteis, contados a partir da data do recebimento do material.

 

Para maiores informações e valores entre em contato com a Genomic.